Exibindo todos 3 resultados

Marcos Siscar nasceu em 1964, na cidade de Borborema (SP). É poeta, tradutor, professor do Departamento de Teoria Literária da Unicamp e autor de Metade da arte (7Letras/ Cosacnaify, 2003), O roubo do silêncio (7Letras, 2006), Cadê uma coisa (7Letras, 2012), Manual de flutuação para amadores (7Letras, 2015), De volta ao fim: o "fim das vanguardas" como questão da poesia contemporânea (7Letras, 2016 – prêmio Jabuti 2017) e Isto não é um documentário (7Letras, 2019), entre outros.

Este site usa cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.